0

O que está acontecendo com o meu corpo?

recuperação-do-corpo-após-o-partoMuitas mudanças acontecem no corpo de uma mulher grávida. E com elas, as dúvidas. São tantas transformações que ocorrem devido aos hormônios, que leva as mamães se perguntarem se aquilo é normal, ou não. Separamos algumas das dúvidas para solucioná-las pra você.

Coçar a barriga na gravidez dá estria. Não, na verdade a estria quando ela está prestes a aparecer causa coceira (um sinal que o tecido muscular está sendo danificado e que isso pode gerar marcas, ou seja, as estrias). Podemos dividir a pele em duas camadas, a epiderme (superficial) e a derme (profunda). Quando a mulher fica grávida o que ocorre é que a camada mais profunda da pele rompe e a epiderme se mantém intacta. É normal ter estria na gravidez, cerca de 90% das mulheres possuem. O que ajuda nesse caso é o seu gene, como assim? Você pode ter a tendência, geneticamente falando, de não ter estrias durante a gravidez. Mas o que fazer caso eu possua? Bom, existem vários métodos para amenizar as estrias, como: ter uma alimentação saudável. Usar um sutiã adequado para seu tamanho e tipo de corpo. Roupas folgadas, nada de usar roupas apertadas, principalmente, durante a gravidez. Usar cremes hidratantes, além de relaxar a pele, causa um conforto delicioso (prefira cremes próprios para a gravidez).

Meu cabelo está mais volumoso. É normal. Isso irá depender de mulher para mulher, em algumas ele cresce e em outras ele cai. É normal, por exemplo, cair 100 fios de cabelo por dia. Mas durante a gravidez, os níveis dos hormônios estão muito bagunçados, vejamos, o nível do hormônio estrogênio cresce demais e isso, consequentemente, prolonga a fase de crescimento do cabelo. Sendo assim, o cabelo cairá menos. Mas como já dito acima, isso irá depender de mulher para mulher.

Meu corpo está com mais pelo do que o normal. Isso irá realmente acontecer. O que ocorre é que o nível do hormônios andrógenos (masculinos) crescem. Ocasionando um crescimento anormal dos pelos do corpo. Mas não fique preocupada, mamãe, por volta de três a seis meses após o bebê nascer, seus hormônios irão se regulando. Enquanto isso existem métodos como:  depilação com cera quente ou fria, lâminas para depilação, etc. 

Minhas unhas estão crescendo mais rápido. Ela cresce mesmo, mas talvez isso até passe despercebido por você. Algumas mulheres dizem que elas ficam mais fortes, porém, outras dizem que elas ficam mais quebradiças. Vai entender!

A verdade é que tudo depende do metabolismo da mulher, de como ela irá reagir a gravidez, algumas sentem dores fortes, outras nem sente dores, por isso, não se espelhe em alguma amiga que ficou grávida, ou na sua mãe, se sentir que tem algo de diferente acontecendo com você, procure o seu médico.

0

Descomplica: um papo sobre parto

home-partoOs exames. O pré-natal é extremamente importante, pois com ele você acompanhará o desenvolvimento do seu bebê.

Tricotomia. Sou obrigada a fazer? Bom, a Tricotomia é a retirada dos pêlos antes de uma cirurgia através de uma lâmina cirúrgica ou de barbear. A retirado dos pêlos é feita, geralmente, para evitar infecções. Porém, especialistas dizem que os pelos pubianos dão proteção na hora do parto e que, se houver a retirada deles poderá dificultar a cicatrização – no caso de infecções. Portanto, você não é obrigada a fazer tricotomia, se você for obrigada a fazer você está diante de um caso de violência obstétrica.

Lavagem Intestinal. Hoje, esse procedimento não é mais obrigatório. Não há nenhum problema se a mulher evacuar durante o nascimento do bebê, diz Andréa Campos, ginecologista e obstetra da Casa Materna. Porém, alguns médicos acreditam que este procedimento é necessário, pois a mãe poderá fazer uma quantidade de fezes muito grande, ao mesmo tempo que o bebê está saindo de sua vagina, ocasionando uma infecção.

Os sinais do trabalho de parto. Essa talvez seja a maior preocupação de toda mamãe que está grávida. Bom, os sintomas variam. Os sinais queparto-normal-1 podem ser perceptíveis são, que a mamãe sinta duas contrações de 40 segundos a um minuto e meio no período de dez minutos (esse é o sinal de que o parto irá acontecer). E o rompimento da bolsa (nesse caso avise o se médico e vá para o hospital).

Os benefícios do parto normal. Além de, a mulher não sofrer cortes, o risco de pegar algum tipo de infecção e de ter hemorragia é menor. A recuperação é muito mais rápida. E é uma parto muito mais humanizado.

E a cesárea. Bom, normalmente um parto desse tipo demora cerca de 40 minutos a uma hora. O médico abre oito camadas de tecido da barriga. O bebê logo que nasce é levado ao neonatologista para ver se está tudo bem com o bebê. É um parto que exige mais cuidado e um tempo maior de recuperação.

Outros tipos de parto:

Parto na Água. O obstetra Michel Odent iniciou partos na água morna para aliviar as futuras mamães. Esse parto alivia a tensão e a dor envolvida no momento do parto.

Parto de cócoras. Estudos mostram que o parto de cócoras seja mais rápido e agradável por causa da gravidade. A postura que a mulher fica alarga a pélvis (aumentando o diâmetro da vagina).

Parto natural. A mamãe faz todo o processo de tirar o bebê de sua vagina. Não há processos como anestesia, episiotomia (incisão efetuada na região do períneo – área muscular entre a vagina e o ânus – para ampliar o canal de parto)  e indução.  Deve ser acompanhado por um médico ou uma parteira, caso ocorra complicações. 

 

0

O que é essencial para o enxoval?

bolsa-mala-bebe-maternidade

Muitas mamães acabam exagerando na hora de comprar os utensílios que o bebezinho irá usar, seja comprando muita roupinha ou coisas desnecessárias. O ideal é fazer uma listinha e comprar somente o necessário, afinal, o seu filho irá usar coisas de recém nascido por pouco tempo.

Vamos a listinha:

Uma banheira. É muito importante comprar uma banheira, pois, é perigoso dar banho no bebê debaixo do chuveiro ou apenas segundo ele. Seja cuidadosa e compre uma banheira pequenina mesmo, só para quebrar o galho e seu bebê ficar mais confortável.

Bebê conforto. Nenhuma mãe no universo fica segurando o bebê 24 horas por dia. Por isso que foi criado o bebê conforto. Para quando você não estiver em casa o seu bebê ficar confortável tirando uma sonequinha. Além de que, é obrigatório o uso dessa cadeirinha para transportar os bebês no carro. Nunca se esqueça de observar se possui o selo de garantia do INMETRO.

Berço. A caminha perfeita para seu bebê. Escolha o que for adequado para otamanho do quarto e o um que possua um preço acessível, afinal, logo você trocará o berço por uma caminha. Mamãe! Não se esqueça de verificar se possui o selo de garantia do INMETRO. Ps: compre o colchão no mesmo lugar, pois em alguns casos, fica difícil de achar um colchão do tamanho do berço.

Babador. Porque? Bom, quando você for dar de mamar para o bebê, é sempre bom colocar um babador, pois assim, evita que ele se suje desnecessariamente. Compre cerca de 5 babadores, é o suficiente.

Alguns itens são básicos como:

Blusa. De algodão, manga curta e longa.

Body. Esse é o item essencial paratodo recém nascido.

Bolsa de bebê. Compre uma bem grande, para não se preocupar em levar pouca coisa e acabar esquecendo de algo importante.

Cobertor/Edredom. Dê preferência aos que são antialérgicos. Compre um quentinho, no caso o cobertor, e um edredom mais leve.

Cortador de unhas. Quem nunca viu um bebê com a unhinha meio grandinha que se arranha? É super importante cortar as unhas dos pequeninos pois eles tem a mania de ficar passando a mãozinha no rosto, e portanto, as unhas devem estar cortadinhas evitando que eles se machuquem.

Pomada para assaduras. Compre várias, pois toda vez que você for trocar seu filho você irá usar.

Cotonetes. Essa parte é muito delicada. É permitido usar cotonetes, mas é preciso um cuidado muito grande. Pois o bebê é delicado, então você terá que ter uma delicadeza na hora de passar o cotonete nos ouvidinhos. Além de que, serve também para limpar o umbiguinho.

Lencinhos Umedecidos. É higiênico e é usado na hora de trocar a fralda.

Mamadeiras. Compre uma média e uma grande, o seu bebe irá usar por um bom tempo, então, vale a pena comprar.

Fraldas. Por último e mais importante. Fraldas. Compre muitas, seu filho irá gastar uma quantidade muito grande de fraldas.

0

Vida no pós-parto

Durante 9 meses você fica a espera do seu filho, ansiosa, querendo ver o rostinho dele. Depois que ele nasce você passará a sua vida inteira cuidando, se preocupando com ele – mesmo depois de ele virar um adulto. Mas quando é que sobra um tempo para você? Nunca? Você precisa de um tempo para se cuidar, veja abaixo, algumas dicas fáceis e necessárias e que, também, precisam fazer parte da sua vida.

Rpais-bebe-grandeelaxe. Tome um belo de um banho. Sabemos que depois que você virar uma mamãe tomar um banho quentinho, demorado e blá, blá, irá virar um luxo, mas é um luxo que é preciso ter, tomar um banho relaxantes sem pensar em nada é tudo que uma mamãe precisa. Aproveite para esfoliar a pele, passar um óleo corporal, fazer uma hidratação no cabelo, se importar com você e mais ninguém.

Cuidando dos pés. Que levante as mãos quem não ficou com os pés inchados durante a gravidez, pois é, eles são uma das partes do corpo que mais sofrem durante a gravidez. Dica: faça um escalda-pés. Como fazer? Ferva a água e coloque em uma bacia com 1 colher de sal refinado ou grosso, coloque 2 gotinhas de óleo essencial de lavanda, 2 gotas de alecrim ajuda a recuperar a força no pós-parto. Passe um creme nas cutículas e um óleo nas unhas e mergulhe-os na água por alguns minutos. Se quiser faça uma auto-massagem com creme nos pés, eles ficarão novinhos em folha!

Coma tranquilamente pelo menos uma refeição ao dia. Tá, eu sei que seu dia a dia é corrido, mamãe. Mas uma vez no dia, pelo menos, é preciso fazer uma refeição tranquila, comendo devagar, mastigando cada pedacinho da comida. E se o beber chorar? Chame o papai dele. Não é bom comer um arroz e um feijãozinho quentinho? Sei que muitas vezes o seu esfria e você come mesmo assim, por isso, reserve esse momento para você, pode ser café da manhã, almoço ou jantar.

Chame alguém para ir na sua casa conversar, ou ligue para alguém. Sabemos que as vezes você cansa de falar apenas de bebê, mas tenha em mente que você não precisa fazer apenas isso, que tal marcar de sua amiga ir na sua casa para colocar o papo em dia? Navegue na internet para saber sobre as últimas dos famosos, sobre a bolsa de valores, não sei, mas se distraia, saia com uma amiga uma vez por semana, distraia sua cabeça.

Leia. Como já dizia, Voltaire, “A leitura engrandece a alma”. Separa alguns minutos do dia para ler, nem que seja 20 minutinhos, leia seu livro preferido, ou aquele famoso Best Seller, ou até mesmo, sua revista preferida, algum blogs,  quando você lê você sai um pouco do nosso mundo, relaxa, descobre coisas novas, entra no mundo da imaginação, leia e se divirta pelo menos umas três vezes por semana, será uma grande distração para você. E quando seu filho estiver mais grandinho, leia historinhas para ele, ele irá amar!

Hora da ginástica. Eba! Ah não! Aposto que tivemos essas duas reações não é mesmo? Sabemos que muitas vezes as mamães estão cansadas, mas fazer ginástica é necessário, e também, depois de um tempo, você irá acostumar. Uma dica é fazer hidroginástica com o bebê, existem academias especializadas para esse tipo de esporte. Caminhar com seu bebê, coloque seu filho no carrinho e saia caminhar com ele, além de ele respirar a um ar puro, você está se exercitando.


Querido, diário!
Quem nunca teve um diário que atire a primeira pedra. Escrever é tão bom, porque você coloca todos seus sentimentos para fora. Que tal escrever uma cartinha para seu filho, para dar a ele quando crescer? Ou escrever um blog para compartilhar com as outras mamães sua rotina? É uma ótima saída para quando você não sabe mais o que fazer e seu filhote está dormindo.

Nana neném, afinal, a Mamãe também precisa ficar com o Papai. Quando se vira mãe, muitas mulheres acabam esquecendo que são esposas, mulheres e tomar a maternidade como ponto principal da vida, é claro que, criar um fi lho acaba sendo o foco de toda mulher, mas é preciso separar um tempo e, na verdade, um bom tempo, para seu marido. Sair para um jantar, namorar, um encontro a luz de velas é, e sempre será, especial. Ou apenas dormir abraçadinha com seu amor, vendo a um filme, aconchegante, não é mesmo? Aproveite para fazer isso mais que uma vez na semana, não deixe seu relacionamento esfriar.

0

Dicas para mamães de primeira viagem

Muitas mamães tem dúvidas se podem comer qualquer tipo de alimento enquanto amamentam. Sugerimos que a mamãe siga uma dieta saudável, coma muitas frutas, legumes e verduras. E o mais importante? Água, beba muita água mamãe, entre 1l a 2l, o ideal e que a maioria dos médicos recomendam é que tenha sempre uma garrafinha ao seu lado, assim, não precisará se preocupar. Mas porque tomar tanta água? Porque a água é fundamental para a formação do leite. O que deve ser evitado? Alho e pimenta são contraindicados, assim como o chocolate, o café, a erva mate. Dica: evite exagerar no leite de vaca, pois poderá induzir a uma intolerância da criança à proteína do leite.

Eu acordo meu filho de três em três horas para mamar, está correto? Não, mamãe. Quem irá decidir a hora de acordar para mamar é o bebê. Não hesite em dar o peito a hora que ele pedir, normalmente isso irá acontecer entre sete ou nove vezes por dia. Não existe regra nesse requisito.

Meu bebê não arrota toda vez que mama, é normal? Sim, porque ele não precisa necessariamente arrotar, mas pegar ele no colo é essencial depois de cada mamada. Qual deve ser a posição? Sempre deixar a criança em posição vertical deitada de barriga sobre seu tórax e dê tapinhas nas costas. Provavelmente, o bebê irá arrotar, mas se isso não ocorrer após, aproximadamente, 15 minutos, pode deitar o seu bebê, não tem problema algum. Porque o arroto é importante? Porque o bebê engole ar enquanto suga o leite e precisa colocá-lo para fora. Caso contrário, vai ficar incomodado e ate colocar para fora.

Meu bebê está sem fazer cocô, e agora? É normal um recém nascido ficar, no máximo, até dois dias sem fazer fezes. Não é normal mas poderá ocorrer. O que eu faço? Estimule o ânus do bebê com uma gaze enrolada no dedo, normalmente, apenas de tocar superficialmente a região, o pequeno já consegue fazer cocô. Procure um pediatra, se o problema persistir. O cocô do meu filho está pastoso. É normal, pois, no inicio da vida seu bebê irá se alimentar apenas de leite, sendo assim, seu cocozinho será mais mole, e poderá ocorrer a cada vez que ele mamar. Não é diarreia mamãe, é o cocozinho normal mesmo. E é importante avisar que a cor é geralmente amarelo-ouro.

Qual a melhor posição para meu filho dormir? Normalmente, é de barriga para cima. Mas e se ele regurgitar no meio da noite? Fique tranquila,  se o leite voltar seu filhote possui reflexos para se defender. Por isso a importância de arrotar.sustagen_mae_bebe

Meu filho está com muita cólica. Infelizmente, a cólica é normal, a cólica faz parte do amadurecimento do sistema digestivo do pequeno. E sabe qual o melhor remédio para a cólica do bebê? O leite materno, isso mesmo. Outras medidas que podem ser tomadas são, aquecer a barriguinha, aconchegar o bebê e deixá-lo na posição fetal. E o choro do bebê quando ele tiver cólica é intenso, que começa e termina de forma inesperada.

Bom mamãe, o mais importante é que se você notar que seu bebê está com choro ou uma dor além do normal, procure seu pediatra.

0

Cesárea: Como cuidar da cicatriz

Atualmente no Brasil, a cesárea representa cerca de 50% dos nascimentos. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) o índice deveria ser de 15%, ou seja, estamos muito acima do ideal. Apesar de ter se tornado um
procedimento comum, a cesárea trata-se de uma cirurgia de médio porte e seu pós-operatório exige alguns cuidados para que haja a perfeita cicatrização externa e interna dos tecidos.

“É feita uma incisão transversal no abdômen de aproximadamente 12 centímetros para a passagem da cabeça do bebê, onde 7 camadas do corpo são cortadas”, explica o Dr. Júlio Elito Júnior, Professor Livre Docente do Departamento de Obstetrícia da Unifesp. As mamães buscam um pós-operatório tranquilo, livre de traumas e dores.

O período de cicatrização pode ser muito turbulento, acompanhe a seguir, dicas, de como cuidar da sua cicatriz:

Repouso absoluto. As primeiras semanas são as mais importantes durante a gravidez, então, por pelo menos 3 semanas é necessário que você, mamãe, mantenhaUn-bulto-en-la-cicatriz-de-la-cesarea_diaporama_550 repouso. Nada de ficar andando para lá e para cá, mantenha seu foco apenas no bebê, entenda que você precisará de ajuda nessas 3 semanas. Depois de 15 dias você poderá tirar os pontos e começar as atividades diárias com calma.

Cuidados com o corte. Limpar a região apenas com água e sabão (ou se preferir, soro fisiológico), secar muito bem a região. Nada de colocar cremes na região, muito menos compressas de água quente. Se notar algo estranho durante o período da cicatrização, procure seu médico.

Tenha paciência. Não queira voltar a sua rotina passados 15 dias da cirurgia!,  Você precisa ter paciência, seu corpo ainda está em processo de recuperação. Se sentir dores, pare de fazer o que estava fazendo, imediatamento, “A dor é o freio do nosso corpo, serve para mostrar que você chegou ao limite e seu organismo ainda está se recuperando”, alerta a Dra. Alessandra Bedin, Ginecologista e Obstetra do Hospital Israelita Albert Einstein.

Cicatriz. Ficará uma leve marca, nada chamativo, mas se te incomodar muito, existem procedimentos estéticos que que “somem” com a cicatriz. Pode-se recorrer a tratamentos a laser, a dermo abrasão, ao uso de ácido retinoico e hialurônico. Para os casos mais graves como, cicatriz  elevada (cicatriz hipertrófica) ou a queloide, existem os seguintes tratamentos: Betaterapiaou Laser de CO2 Fracionado Ablativo.

Exercícios físicos. Muita calma nessa hora. Volte aos poucos. Comece fazendo uma caminha, depois de 3 meses – no minimo – se quiser, volte aos abdominais. Mas para evitar surpresas, consulte seu médico, ele te indicará o tempo certo para voltar aos exercícios físicos, afinal, cada organismo reage de uma maneira diferente.

Alimentos que ajudam na cicatrização. Não é nenhum segredo que a milagrosa água ajuda, e muito, na hora da cicatrização. Suco puro de laranja é muito recomendado, por ser rico em vitamina C. Atenção, evite alimentos gordurosos.

0

Uma conversa sobre: leite empedrado

Muitas mamães, infelizmente, no inicio da amamentação encontram-se com ingurgitamento, ou seja, leite empedrado, isso ocorre quando as mamas incham – o leite desce deixando a mama pesada, quente e dura. Isso causa muita dor para a mãe (fissuras no bico do peito, febre e os mamilos podem chegar até mesmo a sangrar), pois as mamas ficam duras e causa muita dificuldade na hora da amamentação, sem contar a dor.

O leite deve ser retirado para evitar o que é chamado de mastite – que é a inflamação da glândula mamária. Mas calma, não desista da amamentação, tudo isso é temporário e pode ser solucionado. Porque ocorre isso? A mamãe acaba produzindo muito mais leite do que o filhote precisa, sendo assim, cria-se nódulos e o leite endurece.

Existem alguns métodos que aliviam a dor. Por exemplo:

Amamentar. “Para conseguir minimizar o problema, o primeiro passo é amamentar em livre demanda, isto é, amamentar a hora que o bebê estiver com fome. Não é de três em três horas nem de duas em duas. É a hora em que o bebê tiver vontade”, explica a fonoaudióloga Jamile Elias. Quando você amamentar você ira sentir um alivio no peso das mamas.

Retirar o leite.  Primeiramente, faça massagens circulares nas mamas. Para tirar o leite utilize uma bombinha ou tire o leite com as mãos, isso tudo facilitará para o bebê e611300-As-massagens-são-excelentes-para-tratar-o-leite-empedrado.-Foto-divulgação deixará a mama macia. Como tirar o leite sem bombinha? Coloque o dedo indicador e polegar em forma de “C” no final da região areolar e realize movimentos para o leite sair. Quando o bebê terminar de mamar, esvazie as mamas, pode ser manualmente.

Faça compressas de água fria, pois, a água quente estimula a produção de leite.

Como massagear os seios. Pode ser durante o banho, deixe a água cair em cima das mamas por alguns minutos, segure uma mama com uma das mãos e com a outra massageie com movimentos circulares (comece pela auréola e depois por toda a mama). Faça isso nas duas mamas. Após isso, segure as duas mamas pela lateral e junte as duas mamas, faça isso cerca de 5 vezes. Lembrando que os movimentos devem ser suaves. Depois, faça movimentos circulares com as mãos ao redor do mamilo (com uma leva pressão). Sempre que sentir que seu seio está com muito leite, faça isso. Você se sentirá muito mais confortável e com o seio mais leve.

É sempre importante lembrar que, se estiver co
m muita dor, procure seu médico.
0

Como evitar doenças de inverno

winter-winterFrio, vento gelado, ar seco. Chegou o inverno.

Os bebês ficam muito propensos a doenças dessa época do ano. Doenças respiratórias como, bronquite – inflamação dos tubos que levam ar aos pulmões -, broncoespasmos – espasmos nos brônquios que impedem a passagem do ar até os pulmões– e broncopneumonia –  inflamação nos brônquios, bronquíolo e alvéolos vizinhos – são frequentes nesse período. O inimigo respiratório dos bebês estão muitas vezes ao nosso alcance: mudança repentina de tempo ou até mesmo passar muito tempo em ambientes fechados.

Existem algumas medidas que, são essenciais para a prevenção de tais doenças. Atitudes simples de prevenção podem evitar que seu bebê fique doente durante o inverno, veja abaixo.

Como preparar a casa. “O segredo é tornar o ambiente hostil ao ácaro, o que só se consegue com um lugar fácil de limpar”, explica o alergista Fábio Castro. É necessário manter o quarto do bebê arejado e sempre limpo, é recomendado que, não tenha no quarto objeto que possam acumular poeira, pelinho, exemplo: ursinhos de pelúcia, tapete, carpete. Geralmente, o ácaro se desenvolve em lugares como, a cortina, almofadas, cobertores, tanto é que, é recomendado que se use edredons. Com isso, mantenha sempre o quarto arejado e nunca varre o quarto com vassoura e sim passe um pano levemente úmido, evitando assim, levantar poeira. Uma outra dica é que cubra o colchão com uma capa impermeável, assim, os ácaros não irão se acumular.

Quais lugares frequentar. O seu bebê ainda não possui uma imunidade boa, então, evite levá-lo em lugares fechados e com muitas pessoas, pois, existem muitas chances de seu bebê pegar algum vírus, alguma bactéria, sem contar com a quantidade de ácaros existentes.

Como saber se ele está com frio. É preciso agasalhar seu filho, mas não deixe ele parecendo um iglusinho, para saber se ele está com frio, sinta a temperatura na barriga, peito, costas e na cabeça da criança, pois as mãozinhas e os pezinhos sempre estarão mais geladinhos.

Dica Curumim: Sempre mantenha as vias aéreas superiores limpas, use soro fisiológico e faça inalações (somente com soros). Os casaquinhos e roupinhas de inverno devem ser lavadas antes de usá-las, evitando assim que, acumule pó ou ácaro.

0

BERÇÁRIO

Culpa. Remorso. Essas são algumas das palavras que vem a cabeça das mamães quando o assunto – berçário – entra em discussão.

Muitos pais na realidade não têm com quem deixar o bebê. Muito menos o tempo todo livre para passar com o bebê. Nesses casos muitos preferem deixar os filhos em um berçário do que com uma babá, afinal, nunca é fácil deixar seu filho com terceiros.

Quando os pais decidirem que o berçário é a melhor opção é preciso pesquisar , conversar com pais que já deixaram seu filho em um berçário, e por fim, confiar que tudo irá dar certo. Saber o lugar que seu filho vai ficar e com quem ele irá ficar é fundamental para a segurança dele e para seu conforto.

Dai vem a adaptação. Talvez, a parte mais difícil. Adaptação para a família e para o pequeno. É claro que o bebê irá chorar muito nos primeiros dias, talvez meses, mas depois, vem a adaptação, e você, mamãe, irá precisar confiar no lugar que estará deixando ele.

vantagens em deixar um bebê no berçários, tais como: a convivência com os outros bebês, ele irá se desenvolver muito mais rápido devido ao convívio combebes-creche-54-377 outras crianças, e também criar uma rotina é legal, tanto para o bebê como para você, ter horário para comer, dormir, tomar banho.

Ainda está insegura? Peça para fazer uma visita, ver como as educadoras cuidam das outras crianças, o mais importante é manter a calma, como dito acima, ou ao contrário, você ficará com a cabeça no berçário, cheia de preocupações, durante o dia inteiro. Veja os espaços que a instituição oferece, se existem salas espaçosas, proteção nas janelas, extintores – sim, é necessário -, cozinhas higiênicas, banheiros, espaços para diversão, colchonetes em bom estado. É sempre melhor prevenir do que remediar. A escola mais barata nem sempre é a melhor, assim como a mais cara nem sempre está em boas condições.

Por ultimo: confiança. É a melhor dica que podemos dar. Confiar no lugar no qual você está deixando o seu filho. Por que na verdade, quem precisa se adaptar realmente a essa nova rotina são as mães. Elas são as que mais sofrem. Por mais que o bebê chore, ele se diverte, se sente seguro e com companhia. No final do dia a mamãe estará lá, para cuidar apenas dele. Portanto, se você optou pelo berçário, comece a se preparar psicologicamente alguns meses antes e tenha calma, que tudo irá dar certo.

0

Hipertermia: Como saber se seu bebê está muito agasalhado

Está muito frio. E o mais complicado é que você tem que sair com o seu bebê. O que todas as mamães pensam em fazer? Agasalhar o baby. Não há nada de errado em fazer isso, o problema surge quando o agasalha demais. Sim, isso mesmo.

Mas por que? Além do desconforto que causa ao bebê, poderá causar até mesmo alguns problemas de saúde em seu filho.


A pele – o maior órgão do nosso corpo – é o nosso primeiro órgão de defesa contra os micro-organismos. E a de um neném é extremamente fina e sensível e por isso ele precisa de mais cuidados que nós, adultos. Não há nenhum mistério em o bebê sentir mais frio do que os adultos, pois, a troca de calor é feita, também, pela pele. E essa capacidade só estará completamente desenvolvida aos 6 meses de vida. Até lá, os bebês têm dificuldade em manter a temperatura ideal do corpo.

Se ele estiver com muitas roupinhas, superaquecido, poderá ficar irritado e começará a chorar. A alta temperatura do corpinho pode causar hipertermia, que é a temperatura do corpo elevada. É um sintoma que avisa que o corpo não está sendo capaz de manter a temperatura adequadamente, ou seja, um superaquecimento. Já o suor é um grande vilão, pois quando ele soar ele molhará a roupinha e ficará gelado, podendo causar algum resfriado ou brotoejas, que são a alteração da cor ou textura da pele. Alguns dos sinais mais comuns da hipertermia são o rosto vermelhinho, a inquietação, transpiração e – cuidado! – até mesmo febre.

O local ideal para ver a temperatura da criança é o tórax, pois a mãozinha e o pezinho sempre estarão mais geladinhos, já a a cabecinha estará sempre mais quentinha.bebe_agasalhado

Uma boa solução é utilizar gorrinhos e luvinhas, ao invés de muitas roupinhas. Dessa forma, você poderá evitar a perda de calor cobrindo as mãozinhas e a cabecinha do bebê. As roupinhas de algodão são as mais indicadas, pois são as mais confortáveis. Evite peças de lã: “pais devem dar preferência às roupas de algodão, principalmente as que terão contato direto com a pele”, afirma a pediatra do Ambulatório de Pediatria Social do Hospital Sírio Libanês, Carolina Luisa Alves Barbieri. Essa recomendação ocorre pois os nenéns podem ter alergia a alguns materiais sintéticos. Melhor prevenir do que remediar. Também é sempre bom colocar por baixo da roupinha de inverno uma roupinha mais fresca, assim você poderá tirar, caso o bebê sinta calor e comece a suar.