0

O Parto Normal

Muitas mamães não fazem ideia do que seja o parto normal. Apenas sabem que não querem sofrer nenhum procedimento cirúrgico e nem comprometer a saúde do bebê. O parto normal é feito pela vagina e na maioria das vezes não é usado nenhum tipo de medicação.

É importantíssimo fazer o pré-natal, mamãe. Procure aulas que ensinem como é feito o trabalho de parto e como o nascimento ocorrerá. Procure saber com seu médico técnicas para aliviar a dor durante o parto. Cuide da sua saúde, da sua alimentação , pois o sobrepeso dificulta o parto.

O parto normal engloba várias vantagens. A principal é a recuperação: muito mais rápida, pois o corpo da mulher é preparado para este tipo de parto.

parto-normal-1Quando a mamãe chegar ao hospital procedimentos de rotina serão realizados, como aferição de temperatura, pressão arterial e frequência cardíaca. Assim que o colo do útero estiver completamente dilatado e as contrações estiverem fortes, as paredes do útero pressionaram o bebê (juntamente com a força da mamãe). Assim que o bebê sair o útero se contrairá mais uma vez para a placenta sair. 

Assista a esse vídeo para compreender melhorParto Normal

0

Quais os cuidados que preciso ter para evitar um aborto?

Segundo uma pesquisa da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), no Brasil, 15% das gestante usam produtos abortivos. MétodosO ABORTO NA VISAO ESPIRITA como chá de ervas, anticoncepcionais de alta dosagem e misoprostol (Citotec) são os métodos mais usados pelas grávidas. Algumas mamães não sabem os produtos que são abortivos, outras, no entanto, sabem e tentam o aborto conscientemente.

Existem vários procedimentos que podem ser extremamente perigoso durante a gravidez. Por exemplo, um chazinho. Durante a gravidez é importante cuidar de tudo que você irá comer ou beber.

  • Vamos lá:

Sabia que existe Chá “abortivo” – pelo menos é o que dizem os populares? É isso mesmo, os principais chás abortivos e que devem ser evitados são o de canela e o de carqueja, pois eles estimulam a menstruação. Já os chás que contém cafeína aumentam os batimentos cardíacos do bebê e também devem ser evitados, tais como o cha preto e o chá mate.

Já os chás calmantes estão liberados, como a camomila, erva-cidreira e erva-doce.

O cigarro e o álcool que, normalmente já fazem mal a saúde, portanto é ainda mais perigoso no período da gestação,no qual o feto está se formando e sujeito a má formação.

Com isso é entendido que, a única solução é procurar um médico e entender o que você pode ou não fazer. Sempre consulte o seu médico para concluir se você não apresenta nenhum risco, como uma reação alérgica por exemplo. O seu médico poderá lhe explicar, mamãe, tudo que você poderá fazer durante a gestação e o que você deve evitar.

0

Meu recém-nascido me compreende?

Às vezes começamos a falar de forma boba com os recém-nascidos. O que não imaginamos é que, na verdade, eles começam a compreender falas e gestos desde muito cedo. A cada fase e idade que passa eles irão compreender cada vez mais.

Muitas vezes as mamães se pegam imaginando o que o seu bebê está
 pensando ou imaginando. Hoje existem meios comprovados por cientistas e pedagogos que nos ajudam a estimular os pequeninos.  “E logo estará respondendo a elas com uma comunicação não-verbal, que se estabelece por sorrisos e olhares quando os pais se aproximam, ou diante de um estímulo, como uma música”, explica o neuropediatra Mauro Muszkat, da Universidade Federal de São Paulo.

Logo no primeiro mês, o bebê já tem a capacidade de reconhecer a família e adora fazer gracinhas. Já no segundo mês, desenvolve um choro para cada situação e não gosta de ficar sozinho. Na ver dade, ele até já reconhece quando está sozinho. Chegado o terceiro mês o bebê começa a desenvolver sons. “E está mais do que provado que conversar com o bebê falafavorece o desenvolvimento intelectual e emocional”, diz Célia Terra, professora de psicoterapia infantil da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Portanto, sempre estimule seu bebê e converse com ele de forma inteligente. Muita infantilização na conversa não é legal: fale de forma interessante e tenha paciência com seu bebê, pois ele precisa do tempo dele para reagir. Estimule, mas vá com calma, afinal, tudo tem seu tempo.

0

Os 10 maiores erros em medicação de recém-nascidos e bebês.

Aspirina: Mamãe, nunca –  repito – nunca dê aspirina para seu bebê. Aspirinas podem levar a Síndrome de Reye, doença rara e grave que afeta o cérebro e o fígado. Evite remédios que contenham ácido acetilsalicílico na fórmula, tais como: AAS, Bufferin e Melhoral.

Para gripes, resfriados, etc: Evite dar remédios para gripe/resfriado para seus bebês. Utilize tal medicamento apenas quando for prescrito pelo pediatra. Alguns dos efeitos que as crianças sofrem devido a medicação errada são: falta total de sono, problemas intestinais, bolinhas avermelhadas na pele, aumento do ritmo cardíaco e, em muitas vezes, convulsões. A solução é dar bastante líquido para o bebê tomar quando estiver com resfriados.

Diarreia: Os remédios para diarreia podem ser muito tóxicos. Com isso, pode haver uma possibilidade de agravar a infecção bacteriana. É preciso manter o corpo da criança hidratado, ou seja, dar ao bebê bastante água. Se a diarreia vir acompanhada de vômito, é muito provável que o pediatra receite algum remédio especifico.

Remédio adulto: Jamais faça isso mamães! nem grandes nem pequenas doses são permitidas. Não se medica adulto por conta própria, muito menos medicar bebês.

Receitas de outro bebê: É importante ressaltar que nem tudo que funciona para o vizinho, funciona na nossa casa não é mesmo? Portanto a resposta é não, nem mesmo se for receitado um remedinho para o irmãozinho ou priminho. Remédio é coisa particular e deve ser receitado de acordo com o problema pessoal.

Remédios vencidos: É simples: remédio vencido deve ser jogado fora.  Depois que vence, o remédio não faz o efeito desejado  e pode gerar graves efeitos colaterais.

Paracetamol: O paracetamol, muitas vezes, é o remédio queridinho das mamães. Risque agora mesmo ele da sua lista. O motivo? O paracetamol (genérico Tylenol), é acrescentado à fórmula de muitos outros remédios. Doses elevadas dele são tóxicas ao fígado e podem levar até a morte. Muito cuidado com as doses de paracetamol utilizadas por seu bebê. Converse sempre com seu pediatra sobre os medicamentos que seu bebê toma.

  • Curiosidade Curumim.

Sabia que até mesmo chá de ervas contém substâncias prejudiciais ao corpo de um bebê/criança? Ou seja, se o seu pediatra indicar não tem
problema, mas não dê chás sem antes consultar o pediatra.

 

0

As primeiras vacinas

bebs[1]Todos os bebezinhos, antes mesmo de sair da maternidade, já recebem as primeiras doses de duas vacinas distribuídas pelo sistema de saúde brasileiro (SUS). São vacinas para evitar doenças. Não custam nada e geralmente não apresentam efeitos colaterais para os pequeninos.

  • As vacinas que precisam ser injetadas são:

BCG, é uma vacina que protege a criança do Bacilo Calmette-Guerin, que provoca graves casos de tuberculose. É feita por dose única em bebês com mais de 2 quilos e aplicada ao braço direito. Deixa uma cicatriz, uma feridinha, e se a cicatriz NÃO se formar, recomenda-se uma outra dose após 6 meses da primeira dose.

Hepatite B, a primeira dose da vacina deve ser preferencialmente aplicada431274-A-vacinação-protege-o-recém-nascido nas primeiras 12 horas de vida. É aplicada geralmente na coxa do bebê. São, ao total, 3 ou 4 doses,sendo  a primeira no nascimento, a segunda dose após 30 dias e a terceira seis meses após a primeira dose, ou seja, 0, 1 e 6 meses.

Essas duas vacinas são essenciais para seu bebê, não importa se o parto for humanizado, em casa, no hospital. A saúde do bebê é essencial mamãe, sempre pergunte ao médico se as vacinas foram aplicadas!