Meu recém-nascido me compreende?

Às vezes começamos a falar de forma boba com os recém-nascidos. O que não imaginamos é que, na verdade, eles começam a compreender falas e gestos desde muito cedo. A cada fase e idade que passa eles irão compreender cada vez mais.

Muitas vezes as mamães se pegam imaginando o que o seu bebê está
 pensando ou imaginando. Hoje existem meios comprovados por cientistas e pedagogos que nos ajudam a estimular os pequeninos.  “E logo estará respondendo a elas com uma comunicação não-verbal, que se estabelece por sorrisos e olhares quando os pais se aproximam, ou diante de um estímulo, como uma música”, explica o neuropediatra Mauro Muszkat, da Universidade Federal de São Paulo.

Logo no primeiro mês, o bebê já tem a capacidade de reconhecer a família e adora fazer gracinhas. Já no segundo mês, desenvolve um choro para cada situação e não gosta de ficar sozinho. Na ver dade, ele até já reconhece quando está sozinho. Chegado o terceiro mês o bebê começa a desenvolver sons. “E está mais do que provado que conversar com o bebê falafavorece o desenvolvimento intelectual e emocional”, diz Célia Terra, professora de psicoterapia infantil da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Portanto, sempre estimule seu bebê e converse com ele de forma inteligente. Muita infantilização na conversa não é legal: fale de forma interessante e tenha paciência com seu bebê, pois ele precisa do tempo dele para reagir. Estimule, mas vá com calma, afinal, tudo tem seu tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>