Síndrome da Separação

O que é síndrome de separação? Ela acontece geralmente quando a criança tem entre 9 e 10 meses. As crianças acabam acordando assustadas de 10 a 15 vezes por noite e algumas possuem um choro intenso que não é por fome ou birra. É porque está com saudades, sente falta da mãe.

145786038_84d21cc680É literalmente, um processo de separação, que eles, por serem pequenos, acabam não entendendo. “Nessa fase, é oportuno que não ocorram trocas dos cuidadores. Além de acordar assustado, o bebê pode reagir à presença de estranhos, chorando ou estranhando o colo”, reforça, Ana Paula Cargnelutti Venturini, mestre em psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. “A mãe deve tentar acalmá-lo no próprio berço para não alterar substancialmente sua rotina”, ela sugere

O bebê quando nasce é tão dependente da mamãe que, ele começa a pensar que ainda está interligado com ela. Quando ele começar a entender que é um ser independente – geralmente aos 6 meses – e que tem vontades, anseios, desejos, começará a querer fazer as coisas do jeito dele. Essa crise dura, aproximadamente, até os 02 anos e é chamada, também, de ansiedade de separação.

Mas como ocorrem estas etapas?

Do primeiro ao sexto mês. As crianças pensam, geralmente, apenas em atenção, comida e amor. Nos primeiros três meses o seu filho não possui identidade própria – sim, você leu certo. A partir dos 4 meses, seu bebê descobre que se ele chorar, ele irá chamar a sua atenção. Então, em muitas vezes, ele já começa a usar desse artifício para chamar a atenção de todos que estão ao seu redor.

Dos sete meses ao primeiro ano. É com sete meses que seu bebê começa a entender que é um ser independente. Porém, como ele é tão apegado a mãe, quando a mãe sai de perto, ele começara a chorar da mesma forma, só que agora diferente: ele sente sua falta! Lindo né, mamãe? Isso acontece pois o pequenino não entende que você voltará, ele subentende que você irá embora, para sempre.

E a partir dos 2 e 3 anos? O seu filho irá começar a entender que você volta. Que ele mesmo ficando longe de você, você estará lá. E se prepare para ouvir : “Mamãe, me deixa/Mamãe, deixa eu”.

Curiosidade: Quando colocados na frente de um espelho, os bebês tentam encostar em qual lugar? No próprio rosto, no corpinho dele, ou, no espelho? No espelho! E issobebe-se-olhando-no-espelho-2 mostra que eles não fazem nenhuma ideia da própria existência! Engraçado, não?! Segundo uma pesquisa britânica os bebês com menos de 1 ano foram colocados diante de espelhos para ver se entendiam que o reflexo na frente  era o deles. Isso não ocorreu. As crianças tocaram a imagem como se estivessem vendo outro bebê. Em seguida, os cientistas puseram ruge vermelho no nariz de cada uma e voltaram a apresentar os espelhos. Em vez de tocar o próprio nariz, os bebês voltaram a tentar “pegar” o bebê visto no reflexo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>