BERÇÁRIO

Culpa. Remorso. Essas são algumas das palavras que vem a cabeça das mamães quando o assunto – berçário – entra em discussão.

Muitos pais na realidade não têm com quem deixar o bebê. Muito menos o tempo todo livre para passar com o bebê. Nesses casos muitos preferem deixar os filhos em um berçário do que com uma babá, afinal, nunca é fácil deixar seu filho com terceiros.

Quando os pais decidirem que o berçário é a melhor opção é preciso pesquisar , conversar com pais que já deixaram seu filho em um berçário, e por fim, confiar que tudo irá dar certo. Saber o lugar que seu filho vai ficar e com quem ele irá ficar é fundamental para a segurança dele e para seu conforto.

Dai vem a adaptação. Talvez, a parte mais difícil. Adaptação para a família e para o pequeno. É claro que o bebê irá chorar muito nos primeiros dias, talvez meses, mas depois, vem a adaptação, e você, mamãe, irá precisar confiar no lugar que estará deixando ele.

vantagens em deixar um bebê no berçários, tais como: a convivência com os outros bebês, ele irá se desenvolver muito mais rápido devido ao convívio combebes-creche-54-377 outras crianças, e também criar uma rotina é legal, tanto para o bebê como para você, ter horário para comer, dormir, tomar banho.

Ainda está insegura? Peça para fazer uma visita, ver como as educadoras cuidam das outras crianças, o mais importante é manter a calma, como dito acima, ou ao contrário, você ficará com a cabeça no berçário, cheia de preocupações, durante o dia inteiro. Veja os espaços que a instituição oferece, se existem salas espaçosas, proteção nas janelas, extintores – sim, é necessário -, cozinhas higiênicas, banheiros, espaços para diversão, colchonetes em bom estado. É sempre melhor prevenir do que remediar. A escola mais barata nem sempre é a melhor, assim como a mais cara nem sempre está em boas condições.

Por ultimo: confiança. É a melhor dica que podemos dar. Confiar no lugar no qual você está deixando o seu filho. Por que na verdade, quem precisa se adaptar realmente a essa nova rotina são as mães. Elas são as que mais sofrem. Por mais que o bebê chore, ele se diverte, se sente seguro e com companhia. No final do dia a mamãe estará lá, para cuidar apenas dele. Portanto, se você optou pelo berçário, comece a se preparar psicologicamente alguns meses antes e tenha calma, que tudo irá dar certo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>